Prazer x realização

Alguns dirão que um é consequência do outro – ou que outro é consequência do um. Alguns dirão que um é resultado de um processo – e que outro um processo em si mesmo. E vice-versa.

Porém, ao meu humilde ver, a maior semelhança entre ambos é que podem necessitar de certo sofrimento para o alcance pleno. E a segunda maior semelhança é que podem (ou seria devem?) ambos ser permeados por leveza. Daí, muitas vezes, a dificuldade de se alcançá-los, já que, muitas vezes, tendemos a ser pesados. O difícil mesmo é entender por quê.

Marcos Arthur Escrito por:

Inquieto. Curioso. Companheiro da Marina e pai do Otto. Ultramaratonista. Facilitador de aprendizagem. Sócio-fundador na 42formas. Escritor amador. Eterno aprendiz.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *