Sem título

Escrevo
pois se não escrevesse não seria mais
do que a mera sombra de Mim

Escrevo
e sou apenas mais um Tolo
que morre um pouco a cada Palavra

Escrevo
mas não sei o que isso significa
e assim vou reconhecendo os Dias

Escrevo
e pelas pontas dos dedos
vou atravessando o Mundo

Escrevo
Mudo
para cada verve
um espelho
e meu corpo é todo Escrita

Escrevo.

Marcos Arthur Escrito por:

Inquieto. Curioso. Companheiro da Marina e pai do Otto. Ultramaratonista. Facilitador de aprendizagem. Sócio-fundador na 42formas. Escritor amador. Eterno aprendiz.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *