Como será a aprendizagem no futuro

Escrevi, no blog da 42formas, dois artigos sobre o tema com intervalo de mais ou menos um ano entre eles. Como não são interdependentes, dá pra ler os dois fora da ordem – ou somente um deles, conforme despertar o interesse.

Na parte 2, publicada recentemente, faço uma relação entre as habilidades para o futuro levantadas pelo relatório de 2020 do Fórum Econômico Mundial e a aprendizagem, com foco em autodireção e autogestão.

Na parte 1, publicada ano passado, proponho um olhar sobre a aprendizagem ágil como caminho possível – e necessário – para aprendermos com mais sentido e mais significado, partindo de um lugar de intenção e real engajamento.

Boa leitura!

Marcos Arthur Escrito por:

Inquieto. Curioso. Companheiro da Marina e pai do Otto. Ultramaratonista. Facilitador de aprendizagem. Sócio-fundador na 42formas. Escritor amador. Eterno aprendiz.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *